faceinstacelemailskypewhatsmenuexitarrowD

Óleo Essencial de Hortelã Pimenta By Samia - 10 ml

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Simulador de Frete

O Óleo Essencial Hortelã Pimenta é extraído a partir da Mentha piperita.

A Mentha piperita é uma planta usada há séculos e foi classificada pela primeira vez em 1696 pelo botânico Ray.

Mas há registros do seu uso por volta de 1.000 aC. Inclusive, por muito tempo foi utilizada como moeda de troca.

Ela foi inserida na farmacopeia inglesa em 1730 e desde então é encontrada em quase todas as farmácias ao redor do mundo. Além disso, o óleo é obtido por meio da destilação a vapor da planta fresca ou parcialmente seca, que também são fermentadas antes da destilação.

Inclusive, justamente por conta desse processo muito semelhante ao de fabricação do vinho, quanto mais tempo passa, mais forte o aroma fica.

 

Para que serve o Óleo Essencial de Hortelã Pimenta?

Suas propriedades benéficas são as mais variadas e por isso é utilizada para diferentes finalidades, tais como:

- alívio de dores musculares;

- desobstrução das vias nasais;

- alívio das dores em articulações;

- energizante;

- ajuda na concentração;

- alívio na dor de cabeça;

- redução de febre;

- repelente natural.

O Óleo Essencial de Hortelã Pimenta by Samia é 100% puro, sendo totalmente livre de conservantes e componentes como: essenciais artificiais, silicone, parabenos, sulfatos e outras substâncias que podem ser prejudiciais.

Por ser um produto altamente concentrado, é fundamental que seja feita a diluição antes da utilização, conforme recomendação profissional.

Importante ressaltar, também, que a By Samia não recomenda o uso oral de nenhum tipo de óleo essencial, pois pode causar inflamações ou irritações.

O Óleo Essencial De Hortelã Pimenta pode ser utilizado em: inaladores, argilas medicinais, cremes de base neutra, gotas de óleo essencial nos aromatizadores, difusores, géis de massagens e na produção de cosméticos naturais.

 

História do Óleo Essencial de Hortelã Pimenta

É uma planta muito conhecida desde a antiguidade, foi classificada no ano de 1696 pelo botânico Ray, ao encontrar uma espécie de mentha (Hortelã) com sabor de pimenta na Inglaterra – Mentha piperita (devido a seu sabor picante e a sua essência parecida com a pimenta = piper).

Seu uso data de aproximadamente 1.000 anos antes de Cristo, durante muito tempo foi moeda de troca. Há aproximadamente 30 espécies de mentha (Hortelã) conhecidas, mas na antiguidade se utilizavam todas da mesma maneira – tal ponto gerava uma enorme confusão. Um escritor chamado Willafried de Strabo dizia: “Se alguém for capaz de relacionar todas as propriedades da menta (Hortelã), sem dúvida saberá também quantos peixes nadam no oceano Índico.”

Em 1730 foi incorporada na farmacopeia inglesa e apresenta-se em quase todas as farmacopeias.

Segundo a mitologia Grega, o gênero mentha tem seu nome derivado da ninfa Minte ou Minta, seduzida por Plutão. Perséfone, esposa de Plutão, enciumada, a converteu em uma planta e a esmagou no chão com o pé. Entretanto, Plutão transformou-a na Hortelã-pimenta, sabendo que assim Minte seria apreciada pelo povo no futuro.

O cultivo começou nos Estados Unidos em 1855, em Indiana, Nova York e Ohio. A exemplo de várias outras ervas, a Hortelã-pimenta era conhecida dos antigos egípcios, gregos e romanos. Estes últimos se coroavam com ela em seus festins, certamente cientes de seus efeitos desintoxicantes. No entanto, não se opunham a usá-la como ingrediente no vinho

Era um componente de perfume entre os hebreus. Acredita-se que tenha propriedades afrodisíacas.

 

Aspectos Botânicos do Hortelã Pimenta:

Planta aromática, perene, pertencente à família das Labiadas ou Lamiáceas, sua altura varia entre 30 a 100 cm, seu talo quadrangular é suavemente piloso e parcialmente ramificado na parte superior. As folhas, de coloração verde a verde púrpura, são dentadas e de forma oval, medem de 4 a 8 cm de comprimento por 1 a 2,5 cm de largura. As flores são de cor lilás e ocasionalmente branca, crescem do fim do verão até meados de outono – é originária das zonas temperadas do hemisfério norte, Europa, África do Norte e China; atualmente se encontra distribuída em todos os continentes – podendo ser cultivada até 1.500 metros de altitude, sendo naturalizada e cultivada em muitas regiões.

Reproduz-se em várias situações, crescendo de forma espontânea em terrenos baldios, escombros, solos ricos, úmidos e ensolarados, parques, etc. As sementes têm muito pouco poder germinativo, devido a seu caráter híbrido, podendo gerar plantas de características diferentes entre si. O momento adequado para sua colheita começa com o amarelamento das folhas inferiores, ou quando completa quatro meses do plantio e economicamente não se recomenda sua exploração após dois cortes.

 

Benefícios do Óleo Essencial de Hortelã Pimenta conforme referências bibliográficas

Mente:Sua natureza refrescante parece aliviar estados de irritação, histeria e tremedeira nervosa. É excelente para tratar a fadiga mental e a depressão. Muito usado para livrar pacientes do complexo de inferioridade, trazendo maior clareza de pensamentos e o desejo de viver uma vida mais ética. É um facilitador de novas ideias, muito benéfico quando se precisa de inspiração.

Corpo:Tem uma ação dupla - refresca no calor e aquece no frio. Isto torna a hortelã pimenta um ótimo remédio para resfriados, reduzindo a mucosidade e a febre e aumentando a transpiração. É útil no tratamento de problemas respiratórios em geral, como tosse seca e congestão nasal. Acredita-se que seja benéfico aos tratamentos de asma, bronquite, cólera, pneumonia e tuberculose.

Pele:Por remover congestões tóxicas, pode ser útil em casos de dermatite, sarna e prurido. Em virtude da constrição capilar, sua ação é refrescante e pode aliviar coceiras, inflamações e queimaduras de sol. Também amacia a pele, ajuda a remover cravos e é eficaz no tratamento da oleosidade na pele e no cabelo.

 

Observações sobre o óleo essencial de Hortelã Pimenta

Embalagem: Frasco de vidro âmbar com gotejador contendo 10 ml de óleo essencial

Nome Científico: Mentha piperita L

Parte utilizada da planta:Folhas. A primeira colheita se faz antes da floração, no momento em que as folhas concentram maior quantidade de óleo essencial.

Tipo de Extração: Destilação a vapor da planta fresca ou parcialmente seca.

Combina com: Benjoim, Cedro, Cipreste, Lavanda, Mandarina, Manjerona, Pinho e Alecrim.

Utilize com: Óleo Vegetal, Argila Medicinal, Creme Base Neutro, Gel de Aloe Vera, Aromatizador Pessoal e/ou Difusor de Aromas para o Ambiente.

Modo de Uso dos Óleos Essenciais

Aromatizador: aproximadamente 15 gotas

Banhos: 20 gotas após encher a banheira dissolvidas em uma colher de sopa de óleo vegetal, mel ou vinagre orgânico de maçã

Compressa: 5 a 10 gotas em 1/2 litro de água

Inalação: 2 gotas em um lenço ou inalador com soro fisiológico ou água

Massagem: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal

Óleo para rosto: 1 gota em 1 colher de sopa de carreador

Óleo para cabelos: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal ou shampoo

Uso tópico: 5 gotas por colher de sopa de óleo vegetal

Os óleos essenciais são substâncias concentradas e devem sempre ser diluídos, e utilizados sob a orientação de um profissional qualificado. A By Samia não se responsabiliza pelo uso indevido dos produtos aqui vendidos.

* Informações acima são fornecidas pela By Samia

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
    7 dias após o recebimento do produto