faceinstacelemailskypewhatsmenuexitarrowD

Óleo Essencial de Laranja By Samia - 10 ml

Carregando...
 
Simulador de Frete
- Simulador de Frete

 

Extraído da casca das frutas da árvore da espécie Citrus sinensis, o Óleo Essencial De Laranja BySamia possui várias propriedades.

Segundo a história, desde Tróia, a Laranja está presente nos relatos, aparecendo até mesmo na mitologia, sendo um presente de Páris à Vênus.

A fruta chegou até a Europa por meio das cruzadas, e na Califórnia através de missionários. Mas sua origem é da China e também da Índia.

As propriedades do Óleo Essencial De Laranja só começaram a ser estudadas no final do século XVII, uma vez que a fruta em si era rara e muito cara. Mas desde então vários benefícios foram descobertos.

Além de ser um excelente estimulante, esse produto também pode ser útil no combate do estresse e ansiedade. Também é utilizado para aliviar e combater gases; diarreia e prisão de ventre.

Óleo Essencial De Laranja é 100% puro, sendo totalmente livre de conservantes, bem como: corantes, silicone, sulfatos, essências artificiais e parabenos.

O produto também é vegano, não utilizando nenhum tipo de ingrediente de origem animal, e também não é testado em animais.

Importante ressaltar que a Organização Mundial da Saúde (OMS), não recomenda o uso oral de óleos essenciais. Logo, a recomendação é o uso em massagens, difusores, aromatizadores e inaladores.

Óleo Essencial De Laranja também pode ser usado em géis, cremes de base neutra, argilas medicinais e para aromatizar o ambiente.

Versátil, ele é ideal para quem busca um óleo essencial que ajude a promover o bem-estar, que tenha ação tranquilizadora e que mantenha os ambientes sempre aromatizados.

 

História do Óleo Essencial de Laranja

Há muito mantida como símbolo de inocência e fertilidade – qualidades opostas, diriam. No entanto, a guerra de Tróia começou com a mesma inocência. Foi uma “maçã dourada”, na verdade uma Laranja, que Páris ofereceu a Vênus em um concurso de beleza.

Vênus, por sua vez, ofereceu a Páris a adorável Helena, mas se esqueceu de mencionar que a senhora já era casada – e o resto todos conhecem.

O vocábulo árabe narandj é o radical da palavra Laranja, e é possível que os soldados das Cruzadas tenham trazido a fruta para a Europa com diversos outros espólios. Com certeza, ela era conhecida na Inglaterra no século XVI. A Laranja chegou à Califórnia nas embarcações que transportaram os primeiros missionários, onde existe hoje um importante mercado produtor. A casca era usada em um licor das Índias Ocidentais, denominado curaçau e, naturalmente, também produz uma deliciosa geleia. O óleo é usado nas indústrias de perfumes e de alimentos.

A Laranja amarga foi muito empregada na Grécia antiga e foi cultivada na Europa a partir do século XII, três séculos antes da Laranja doce. As flores são conhecidas como azahar (em idioma árabe significa perfume).

Originária da China e da Índia, a Laranja não foi usada medicinalmente na Europa até o fim do século XVII por ser escassa e cara. Este fruto provavelmente foi o “pomo de ouro” procurado por Hércules no jardim dos Hespérides.

 

Aspectos Botânicos da Laranja:

Trata-se de uma árvore sempre-verde pertencente à família das Rutáceas, caracterizada por apresentar uma altura de cerca de 8 a 10 metros; com folhas lanceoladas com 8 cm de largura, sinuosas e brilhantes; flores aromáticas brancas ou rosadas; o fruto é globuloso, de 7,5 cm de diâmetro, de coloração laranja.

É originário da Ásia (Índia, sudoeste da China e sul do Vietnã), sendo posteriormente introduzido e naturalizado na Europa e na América. Existem exemplares silvestres cultivados que são utilizados para enxerto na Laranja doce. Na Europa se encontra principalmente cultivado no Sul da França e Espanha (Sevilha).

A laranjeira nos oferece três diferentes óleos essenciais: o estimulante óleo de Laranja produzido da casca, o néroli, obtido das delicadas flores brancas, que pendem dos diversos galhos, e o intrigante petit grain, produzido das folhas. A laranjeira é nativa da China e da Índia e foi levada para a Europa no século XVII. Hoje, é encontrada em grande número na região do Mediterrâneo, em Israel e nas Américas. O óleo essencial é obtido tanto da laranja-doce como da amarga.

 

Benefícios do Óleo Essencial de Laranja conforme referências bibliográficas

Mente:Lança um raio de luz sobre os pensamentos obscuros e a depressão. Alivia a tensão e o estresse, favorecendo uma perspectiva positiva. Tem efeito reanimador, quando há sensação de tédio e falta de energia. Ideal para quem leva a vida muito a sério, se esquecendo dos momentos de risos. Reduz o medo de novos desafios.

Corpo:Parece ter uma forte ação calmante sobre o estômago, especialmente em estados de tensão nervosa. As enfermidades físicas também podem ser aliviadas -pelo equilíbrio de distúrbios gástricos, como diarreia e prisão de ventre. Estimula a bílis e pode facilitar a digestão de gorduras. Também pode estimular o apetite e, portanto, tenha cautela se estiver fazendo dieta.

Pele:Sua ação sudorífera ajuda a eliminar as toxinas de uma pele congestionada, mas também parece ser eficaz nos tratamentos de pele seca, rugas e dermatite. Em resumo, é um ótimo tônico para qualquer tipo de pele. Na estética facial, excelente para tratamentos que a pele precise de viço.

 

Observações Sobre o Óleo Essencial de Laranja

Embalagem: Frasco de vidro âmbar com gotejador contendo 10 ml de óleo essencial

Nome Científico: Citrus aurantium L

Parte utilizada da planta:Casca.

Tipo de Extração: Espremedura a frio.

Combina com:Angélica, Canela, Coriandro, Cravo-da-Índia, Cipreste, Olíbano, Gerânio, Jasmim, Junípero, Lavanda, Néroli, Noz-Moscada, Petitgrain, Rosa e Pau-Rosa.

Utilize com: Óleo Vegetal, Argila Medicinal, Creme Base Neutro, Gel de Aloe Vera, Aromatizador Pessoal e/ou Difusor de Aromas para o Ambiente.

 

Modo de Uso dos Óleos Essenciais

Aromatizador: aproximadamente 15 gotas

Banhos: 20 gotas após encher a banheira dissolvidas em uma colher de sopa de óleo vegetal, mel ou vinagre orgânico de maçã

Compressa: 5 a 10 gotas em 1/2 litro de água

Inalação: 2 gotas em um lenço ou inalador com soro fisiológico ou água

Massagem: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal

Óleo para rosto: 1 gota em 1 colher de sopa de carreador

Óleo para cabelos: 1 a 3 gotas por colher de sopa de óleo vegetal ou shampoo

Uso tópico: 5 gotas por colher de sopa de óleo vegetal

Os óleos essenciais são substâncias concentradas e devem sempre ser diluídos, e utilizados sob a orientação de um profissional qualificado. A By Samia não se responsabiliza pelo uso indevido dos produtos aqui vendidos.

 

* Informações acima são fornecidas pela By Samia.

Deixe seu comentário e sua avaliação







- Máximo de 512 caracteres.

Clique para Avaliar


  • Avaliação:
Enviar
Faça seu login e comente.
    7 dias após o recebimento do produto